Foco no momento presente

Há uma coisa que podemos fazer, e as pessoas mais felizes são aquelas que a fazem no limite de sua capacidade.

Podemos estar completamente presentes. Podemos estar cem por cento aqui. Podemos dedicar nossa atenção às oportunidades que surgem diante de nós.

Mark Van Doren

Esse trecho é uma citação que acabo de ler no livro A arte de fazer acontecer (Getting Things Done – GTD), no momento em que o David Allen trata justamente do desafio de realizarmos nossas atividades em uma época tão cheia de distrações como é a que estamos vivendo no hoje. A todo momento estamos sendo bombardeados de novas informações, de novas necessidades e prioridades, que atrapalham o andamento daquilo que estamos fazendo no momento, e nos deixam sempre com a sensação de sobrecarga.

A capacidade de focar naquilo que estamos fazendo, eliminando distrações, é central na sua filosofia. Aliás, toda metodologia ou ferramenta de produtividade e eficácia sempre tem o foco como uma de suas premissas fundamentais.

Foco e produtividade

É perigoso acreditar que fazer diversas coisas ao mesmo tempo vai trazer ganhos de tempo, principalmente quando estamos falando de trabalho intelectual.

A ciência já demonstrou em diversas pesquisas que o cérebro humano é monotarefa. Fazemos bem uma coisa por vez, e temos perdas significativas ao querer fazer diversas coisas em paralelo.

Quando você está fazendo várias coisas de uma vez só, na verdade está perdendo tempo, e ainda cometendo mais erros e prejudicando seus relacionamentos.

Se você quer ter uma vida mais produtiva, acostume-se a fazer uma coisa por vez.

Foco e efetividade

A busca pelo foco nos provoca a fazer a escolha sobre o que é a próxima atividade a ser realizada.

Quando escolhemos o que fazer, ao invés de simplesmente ficar navegando reativamente entre as diversas coisas que ficam pipocando, estamos tomando uma decisão consciente sobre o que é mais relevante. E isso todo dia, no longo prazo, faz toda a diferença!

Claro que com o apoio de métodos e ferramentas como Getting Things Done, Matriz de Eisenhower (confira sua aplicação prática aqui), dentre muitas outras, estaremos aprendendo a tomar decisões ainda mais assertivas. Mas só o fato de fazer uma escolha consciente, já é um primeiro passo, não é?

Então busque sempre focar, pois assim você irá aprimorar a efetividade das suas decisões.

Foco e felicidade

Aprender a viver o momento presente, como diz a frase em destaque, é um recurso utilizado pelas pessoas feliz.

Como já disse o Dalai Lama, existem dois dias em que nada pode ser feito, que são o ONTEM e o AMANHÃ. Viver as dores do passado e as preocupações do futuro são causas de ansiedade, tensões e stress. O HOJE é o dia certo para se viver e ser feliz.

Saber viver o dia de hoje com qualidade é um importante passo para sermos mais felizes e aproveitar todas as oportunidades que o dia nos oferece.

Planejamento do futuro

Agora muito cuidado. É importante não confundir “viver o momento presente” com “abdicar de planejar o futuro”. São duas coisas importantes, e que podem ser muito bem conciliadas.

O ser humano precisa de propósito, de crescimento e realizações, e poucas coisas importantes se constrói em um único dia.

Então dedique-se também a planejar o seu futuro. Cada dia é um novo passo de uma jornada. Que bom se soubermos para onde estamos caminhando, certo?

Deixe um comentário